3 ESTRATÉGIAS PARA NÃO ABANDONAR O NETWORKING, MESMO EM ÉPOCAS DE TRABALHO REMOTO

mão segurando um celular projetando uma rede de contatos em 3D

Foi se o tempo em que as pessoas questionavam a real necessidade de networking como estratégia para a carreira. O conceito de networking já está tão difundido que pouca gente questiona sua importância para a evolução profissional: conhecer e manter o contato com pessoas do ambiente de trabalho, do setor e até mesmo fora da área de atuação nos ajuda a nos mantermos atualizados, descobrindo oportunidades, aumentando a visibilidade, desenvolvendo nossa expertise e melhorando nossos soft skills – as famosas habilidades pessoais. Mas a maioria das pessoas, quando se pensa em networking, ainda pensa em contato pessoal!

 

Talvez seja coisa de para pra pensar e atualizar nossa cabeça, porque com certeza um dos ensinamentos da pandemia foi o traquejo digital! E é ele que permite que o networking não fique pausado esperando por uma volta a um normal que nem sabemos mais qual é. Existem estratégias de networking que você pode adotar facilmente, e assim, ter certeza de não estar parado sem fazer nada por sua carreira.

 

Estratégias de networking remoto

  • Estratégia 1: Usar o LinkedIn

Ação 1: Atualize seu perfil. Adicione palavras-chave, fotos / vídeos, experiências profissionais e publicações que estejam alinhadas com seu objetivo profissional. Inclua outros meios de comunicação profissionais, site se tiver. Não deixe de pedir a amigos próximos que analisem seu perfil depois de concluído.

Ação 2: Interaja com sua rede com frequência. Leia, curta e comente os artigos que suas conexões publicam, procure agregar valor. Quando você vir conquistas ou postagens particularmente relevantes, envie um email diretamente para a pessoa – isso inicia uma conversa. Pesquise conteúdo que possa ser importante para seus contatos e compartilhe, mostrando que você se importa. Publique conteúdo alinhado ao seu objetivo, que promova intencionalmente seus interesses e sua marca pessoal.

Ação 3: Use o recurso de recomendações do LinkedIn

Para uma pessoa que estiver avaliando você, tão importante quanto ouvir de você mesmo no que você é bom, é ouvir a opinião de terceiros sobre você. Uma recomendação no LinkedIn funciona como um atestado de garantia sobre você, e não deve ser minimizada. Pedir aos contatos mais próximos e relevantes que escrevam uma breve recomendação para você ajuda bastante a impulsionar sua marca e conexões.

Atenção – Por sua vez, escreva uma para eles também.

 

  • Estratégia 2: Mapear e classificar sua rede de contatos atual

A priorização do contato e a abordagem devem variar conforme duas características-chave: proximidade e relevância. Priorize suas conexões mais próximas e mais relevantes para seu objetivo profissional, mantendo este 1º nível de conexões próximo e informado sobre o que você anda fazendo, suas áreas de interesse, estando atento para compartilhar matérias ou informações que sejam importantes para eles sempre que encontrar algo relevante.

 

  • Estratégia 3: Mapear quais novas conexões devem ser adicionadas

Ação 1: Pesquise quais conexões potenciais lhe interessam. Evite e-mails ou mensagens aleatórias. Ao contrário, procure por contatos em comum, e peça para um contato em comum apresentá-lo. Apresentações feitas por meio de contatos comuns são muito mais assertivas e aumentam significativamente o retorno.

Ação 2: Uma vez feita a apresentação, entre em contato rapidamente com a nova conexão. Convide-a para uma conversa por telefone / zoom / almoço pós-COVID. Use as seguintes diretrizes para seus convites:

– Seja breve e use a seção “assunto” para antecipar sua mensagem.

– Na primeira frase, explique o que você quer e por que ela é uma pessoa que pode ajudar.

– Dê uma descrição muito breve de sua experiência e objetivos futuros.

– Mostre flexibilidade no tempo: “Você tem meia hora para discutir …?” Também dê opções quanto ao formato: “Se possível gostaria de agendar um zoom ou talvez enviar algumas perguntas por e-mail, conforme sua disponibilidade”.

 

Manter-se intencional e ativo no networking também pode ser feito de forma remota, sem nenhum prejuízo aos benefícios que ele promove. Sempre é hora de pensar no networking como estratégia para avançar a carreira!

 

Fica o convite à reflexão!

 

—————————————————————————————————————

Nora Mirazon Machado – sou formada em Administradora de Empresas pelo Mackenzie, com MBA em marketing pela FGV e especializada em liderança pela Harvard Business School. Tenho mais de 25 anos de experiência como executiva de Marketing e atuei em empresas renomadas como Pepsico, Adams e Danone. Após deixar o mercado corporativo, decidi dedicar minha experiência para orientar profissionais para a gestão mais consciente e estratégica de suas carreiras. Empreendi, e sou co-fundadora da Trilogie, empresa de Branding e Carreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *